in ,

Candidato à presidência dos EUA quer usar blockchain no sistema de votação

Andrew Yang do partido Democrata dos EUA tem se mostrado o candidato presidencial mais amigável ao Bitcoin e à blockchain dentre os vários postulantes do partido ao cargo. Recentemente, Yang anunciou seu interesse em modernizar a infraestrutura de votação norte-americana utilizando a tecnologia nascente.

Yang já havia dito acreditar que a blockchain e as criptomoedas têm grande potencial e a tecnologia abrirá caminho para inovações maiores em ambos setores. O candidato já chegou a divulgar suas propostas sobre criptoativos.

Em seu site, o candidato disse que votar é difícil e demorado, e ainda afirmou que é por isso que o comparecimento às eleições presidenciais norte-americanas é pouco superior a 50% e muito menor durante as eleições locais e estaduais. Ele ainda afirmou que não existe razão para continuar em filas para votar, considerando os avanços tecnológicos que estão acontecendo, além de que as máquinas usadas nas eleições são vulneráveis a adulteração e hackers.

Como candidato, Yang acredita que os norte-americanos serão capazes de votar com seus dispositivos móveis, com verificação feita via blockchain, o que, segundo ele, aumentaria a participação das pessoas em todas as eleições.

“É ridículo que em 2020 ainda permaneçamos na fila por horas para votar em cabines de votação antiquadas. É 100% tecnicamente possível ter uma votação à prova de fraudes em nossos celulares hoje usando a blockchain. Isso revolucionaria a verdadeira democracia e aumentaria a participação para incluir todos os norte-americanos.”

Com isso, ele prometeu trabalhar para modernizar a infraestrutura de votação para utilizar a tecnologia moderna para tornar mais fácil e mais seguro votar, aumentando assim o número de norte-americanos que participam das votações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…