in , , , , , , ,

Trabalhar com Tecnologia já te ESTRESSOU?? Saiba como conciliá-la com a FELICIDADE!!

A profissão de TI é uma das mais estressantes do mundo, lidando ao mesmo tempo com problemas técnicos e interpessoais numa eterna corrida contra o tempo. Conciliar a FELICIDADE com um trabalho assim parece ser impossível… PARECE.

Felicidade.

O que é a felicidade? Tão subjetivo, não é? Como disse Criolo, em sua música “É o Teste”, que aborda as várias tentações enfrentadas pelos jovens de periferia: “Ninguém é melhor que ninguém, as pessoas são diferentes. O que me faz feliz, te deixa com a cabeça quente.”

Além da subjetividade de cada indivíduo, sobre o que é felicidade, vivemos numa sociedade que desde muito cedo nos impulsiona ideias sobre o que realmente é a tal felicidade. Brinquedos e tênis na Televisão, viagens à Disney, carros mais e mais potentes e bonitos são apenas exemplos do clássico “Está triste? Conheça o [produto.png] e dê adeus a infelicidade!”.

Marketing GIF

Desde cedo somos condicionados a pensar que a felicidade está em TER alguma coisa, quando, na verdade, as verdadeiras MESTRAS da arte de ser feliz nos ensinam que é exatamente o contrário: a felicidade está em SER.

Elas, as crianças, são as verdadeiras mestres nesta arte, não é mesmo? Apenas com o ar que respiram, seus sentidos e sua imaginação, são capazes de passar HORAS sendo felizes… É tão distante da nossa realidade que pensamos que foi em outra vida que também éramos assim.

Embora não possamos rolar no chão ou pôr a mão na boca, podemos absorver algumas das atitudes infantis, comum entre as crianças e que nós mesmos fazíamos: amar compreender o mundo apenas estando aberto para conhecê-lo, ter paciência e ver como tudo pode ter um lado interessante… Inclusive os stresses que tanto enfrentamos no exercício desta profissão, TÃO, mas TÃO estressante. CALMA, eu explico!

Sabe quando você já está prestes a terminar o entregável do atual Sprint, e o usuário decide mudar tudo? Ou dizer “Ah.. não era bem isso..”? E mesmo estando acordado no contrato, assinado por ele e por seja lá quem for, o usuário QUER ter a razão e tentará lhe convencer que tem, até que você implemente tal mudança, porque, enfim, é ele quem está pagando??

Não é fácil… Ou quando o seu gerente quer algo de você e mesmo não tendo muita ideia de como será realizado te cobra produtividade e agilidade? Tão ruim quanto quando temos AQUELE bug DANAAADO introduzido sem querer em meio à produção só porque alguém não quis fazer todos os testes antes do push??

E o pior… A CORRIDA CONTRA O TEMPO!! Talvez este seja o pior dos motivos para o stress exarcebado das profissões relacionadas à prazos apertados, constantes cobranças, etc. Essa corrida impulsiona nossa impaciência, já que saber que o tempo está passando começa a causar tanto desconforto.

 

Sem contar com os problemas da nossa vida! Afinal, a vida não é só trabalho. Temos um contexto social, familiar, e até problemas com nós mesmos, em busca da auto-aceitação numa sociedade entupida de padrões impostos, que só servem para vender produtos, como bolsas, roupas e maquiagens, e impactar na auto-confiança e auto-estima das pessoas. Padrões estes que também interferem nos homens, que comumente se veêm inconscientemente impulsionados a seguir um padrão “alfa”, criado, também, pela sociedade.

 

 

Mas CALMA!! Longe de ser impossível!! Coitado do usuário também… Às vezes, eles não fazem ideia das diversas problemáticas que temos de enfrentar, que vão desde meros ‘;’ faltantes no fim de uma linha até problemas de compreensão do domínio da problemática, BUGS misteriosos que às vezes nem o stackoverflow salva (embora haja uma grande chance do github/issues salvar), e várias outras variáveis que envolvem interações humano-computador, seja ela programando, entendendo e/ou modelando, e humano-humano.

Na cabeça deles, era para ser simples. Não porque estejam agindo de má fé, mas porque sem um conhecimento prévio sobre Computação, entender as diversas problemáticas pontuais que podem nos custar horas de trabalho, enquanto lida com os próprios problemas de seu domínio, não é uma tarefa trivial. Como explicar para um usuário “Ahh, eu demorei porque tinha uma lib desatualizada, aí quando fui compilar…” ?

Não explica, né. A gente prefere dizer “tivemos um problema, mas em breve vai dar certo!”, ou algo do tipo, não é?

Imaginem. Se já é tão frustrante para nós quando um programa não executa de acordo com o que expectamos, imagine para um usuário, que muitas vezes não faz ideia dos porquês é tão complicado visualizar sua ideia, tão simples e clara (às vezes, rs) em sua cabeça, como um produto palpável e testável?

Também não é fácil ser o Usuário.

E ser gerente, é fácil? Óbvio que não… são a Interface entre a problemática, a solução e os superiores, que querem o resultado o mais rápido possível. Já pensou? Uma profissão que é a ponte entre os 3 maiores pontos de stress em um projeto?

Não é fácil ser o Gerente/Coordenador/Líder Técnico…

E o desenvolvedor, meu Deus do céu?? NÃO TÁ FÁCIL PARA NINGUÉM! É ele quem faz a pintura que traduz o abstrato da ideia e especificação para o concreto e visualizável. Se não é fácil lidar nem com gente, imagina com computador, que às vezes nem quer ligar…

Em resumo, NÃO TÁ FÁCIL PRA NINGUÉM!! Sendo da área da tecnologia ou não.

E o stress não é apenas uma palavra bonitinha que está na moda propor técnicas que o combatam. Ele causa problemas físicos, psicológicos e pode levar à morte. Ele é a causa de vários probleminas que nem sempre nos damos conta como a dor de cabeça, dor nas costas, indisposição, mais fome, mais suor, queda de cabelos, gastrite, falta de apetite, sensação de apatia,…, além de todas as consequências que tais sintomas podem gerar em nossas vidas.

Por isso, devemos dar ouvidos, ter paciência e nos unir…

… COMO??

E para exercer a paciência… Aguarde a segunda parte deste post! Afinal, estamos falando sobre o  tema que guia todas nossas escolhas, minuto a minuto, dia após dia, ano após ano, desde quando éramos crianças e até deixarmos essa existência.

Até muito breve!! Compreenda a si e aos outros! É a chave para sua FELICIDADE.
Rápido, a vida é volátil!

Gabriel Lopes

Escrito por Gabriel Lopes

Cearense da gema e um amante da vida que confia no poder da observação para explicar os enigmas malucos dessa vida!!! Espiritualidade, psicologia, física quântica, astrofísica… e COMPUTAÇÃO, tudo interligado para explicar um pouquinho da importância de levarmos uma vida leve, tranquila e feliz. Criador do canal Vida Volátil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…