in ,

TikTok vai ser banido dos EUA já neste domingo, dia 20 de setembro

Parece que os dias de atividade do TikTok nos Estados Unidos da América estão contados. Segundo uma nota emitida pelo governo de Donald Trump nesta sexta-feira, a popular aplicação chinesa de vídeos curtos vai ser banida dos EUA já neste domingo, dia 20 de setembro.

Mas não é só o TikTok o afetado. Também o conhecido serviço de mensagens chinês WeChat vai deixar de estar disponível para distribuição nas lojas de aplicações no país norte-americano.

TikTok e WeChat serão banidos dos EUA já este domingo

O popular aplicativo TikTok será banido dos EUA já a partir deste domingo, dia 20 de setembro. A decisão foi tomada pelo governo de Trump, através de uma nota, emitida nesta sexta-feira, pelo Departamento de Comércio dos Estados Unidos da América.

Assim, depois dessa data, a aplicação chinesa, assim como o serviço de mensagens WeChat, deixam de estar disponíveis para os smartphones Android e iOS nos EUA. Em termos práticos, depois de domingo as apps deixarão de poder ser distribuídas nas lojas de aplicações nos Estados Unidos, como a AppStore e o Google Play Store.

Para além disso, as funcionalidades financeiras do WeChat já estão suspensas no território norte-americano.

O governo de Donald Trump, diz que esta medida tem como objetivo proteger a segurança nacional dos EUA das supostas ameaças do Partido Comunista da China.

Numa declaração à Reuters, o secretário do Comércio Wilbur Ross adianta que:

Tomamos medidas significativas para combater a trecolha maliciosa de dados pessoais de cidadãos americanos por parte da China, ao mesmo tempo que promovemos os nossos valores nacionais, normas baseadas em regras democráticas e na aplicação agressiva das leis e regulamentos dos EUA.

Para além disso, Trump já critica há muito tempo as práticas de privacidade do TikTok. Nesse sentido, os EUA acreditam que estas e outras aplicações chinesas são usadas, por exemplo, para espiar o país americano e usar os dados dos usuários norte-americanos para fins indevidos.

Venda do TikTok ainda não se concretizou, mas a China está contra

Para evitar um possível bloqueio no país, o TikTok deveria ser comprado por alguma empresa. A Microsoft foi uma das interessadas, mas a oferta foi recusad pela ByteDance. No entanto a detentora da aplicação está ainda em negociações com a Oracle.

Por outro lado, a China já deixou bem claro que prefere fechar o TikTok do que vendê-lo forçadamente aos EUA. E assim, a ByteDance tem sofrido algumas críticas do seu país com a intenção de venda da app ao país rival.

Mas para quem esteve atento a esta novela, então provavelmente que esta decisão não é surpresa. Donald Trump já havia ameaçado várias vezes, e o secretário Mike Pompeo confirmou que tanto o TikTok como outras apps chinesas seriam banidas dos Estados Unidos.

Fonte: pplware

Rapaduratech

Escrito por Rapaduratech