CEO da Sunne revela obstáculos e dicas para empreender em energia limpa

 CEO da Sunne revela obstáculos e dicas para empreender em energia limpa

Já pensou em produzir sua própria energia? Além de contribuir com o meio ambiente, você poupa uma boa quantia no fim do mês. É assim que a empresa Sunne atua. A startup cearense já expandiu o trabalho e ultrapassou fronteiras: hoje atua em cinco estados do Brasil.

O fundador e atual CEO da startup, Yuri Frota, conta que tudo começou em 2017, quando ele ainda atuava no mercado imobiliário. Nesse ano, resolveu se dedicar à área de formação em engenharia elétrica, buscando um negócio que pudesse ser escalável. “E trazer muito impacto positivo à sociedade”, ressalta.

“Foi quando aprendi sobre os modelos de aluguel em geração distribuída com usinas solares e fiquei fascinado com a oportunidade de trazer economia para os consumidores sem necessidade de investimentos ou obras”, conta.

Crescimento

A partir daí, Yuri foi se jogando no trabalho e formando sua equipe. Durante este primeiro trimestre de 2022, a expectativa da startup é ter 30 pessoas no time.

“Empreender, principalmente na nova economia, exige muito conhecimento não ortodoxo, em relação a como criar produtos escaláveis, como montar/gerir os times, como fazer o processo de fundraising, entre outros diversos”, desabafa.

Representatividade

Segundo Yuri, a Sunne é uma das única empresa do Ceará que tem o escopo de atuar na conexão de usinas solares e consumidores, gerindo esses relacionamentos. “No Brasil, temos alguns outros concorrentes que atuam no sudeste do país, especialmente em Minas Gerais. Atualmente, temos mais de mil unidades consumidoras sob gestão em cinco estados”.

Obstáculos

Mas, como tudo na vida, há sempre obstáculos. O CEO analisa que esse é um setor extremamente regulado, com monopólios estruturais e com necessidade de capital intensivo para construção dos ativos de energia. Então, exige muita estratégia e resiliência para concorrer.

“O futuro da Sunne é se tornar a concessionária de energia do futuro, 100% digital, asset light, que entrega benefícios de economia, mas principalmente entregando uma experiência diferenciada para o consumidor final”, revela os sonhos.

Dica para empreendedores

Se você é como o Yuri e que empreender na sua área, então presta atenção nessas dicas. Para o CEO, quem quiser entrar no jogo, vai ter que “aprender a regra e como jogar”.

“Sugiro muita leitura, conversar com outros empreendedores que estão um pouco na frente na jornada, mas não tão distante. Além de ter muita resiliência, já que exige muita energia e tempo”.

Por isso, é bom estar preparado para dedicar alguns anos nessa empreitada e ter um propósito muito forte/relevante para ajudar a guia nessa jornada. 

“E para finalizar, escolha muito bem quem é a pessoa que deve estar do seu lado nessa trajetória como sócios e parceiros”. Dica de ouro, hein?

Rapadura News

Cadastre-se e receba, todas às sextas, um resumo do que foi destaque na semana sobre Tecnologia, Empreendedorismo e Negócios.

Hayanne Narlla

Jornalista cearense. Amante do sol e do mar, cultiva o hábito de escrever sobre a vida nos detalhes mais rotineiros. Movida por novos desafios e curiosa desde a infância, gosta de aprender sobre inovações e empreendedorismo. Nas horas livres, reflete e teoriza sobre o universo da música e do cinema. Acredita que é preciso ser útil e deixar rasto.

Posts relacionados

Newsletter

Rapadura Tech

Cadastre-se e receba, todas às sextas, um resumo do que foi destaque na semana sobre Tecnologia, Empreendedorismo e Negócios.