in , , ,

Consequências da inovação – Coletivos de Fortaleza

Consequências da inovação será um conjunto de artigos escritos pelo Rapaduratech que tem o objetivo de evidenciar os efeitos colaterais da inovação e tudo mais que se segue com ela, com suas consequências positivas e negativas, criticando e avaliando as propostas que se intitulam como inovadoras.

Inovar é o que as empresas privadas e públicas estão tentando fazer nestes tempos de crise econômica e política que assolam o nosso amado Brasil, nos tempos da era em que fazia poeira, Darwin havia citado que a sobrevivência era do mais forte, de fato foi, mas o mundo mudou, e com ele suas regras, onde claramente podemos constatar que a sobrevivência é do mais adaptável [Herbert Spencer], mas como é ser o mais adaptável neste mundo de tubarões? Hoje é necessário Inovar para Continuar!

Sem muitas delongas vamos falar desta última inovação que está acontecendo no município de Fortaleza-CE. Recentemente fomos surpreendidos por algumas linhas de ônibus que estão circulando sem cobradores. Além de Fortaleza, temos algumas cidades que já estão aderindo esta inovação, dentre estas podemos citar São José dos Pinhais, Curitiba e Belo Horizonte. A questão que fica é qual a motivação desta inovação? Sempre existem os dois lados da moeda, neste caso temos de um lado os empresários querendo reduzir custos através da inovação e de outro temos milhares de pais e mães de família que vão ser promovidos ao mercado.

Os aspectos positivos encontrados nesta inovação são maior velocidade na operação e embarque de passageiros, uma vez que não haverá intervenção humana, além de maior segurança nos coletivos, pois não haverá um grande montante de dinheiro físico no transporte coletivo. Por outro lado temos muitos trabalhadores que vão ficar desempregados, de forma não planejada, aumentando nossa continha de desemprego. Existem grandes reflexões que devem ser feitas, a maior delas é: se os fins justificam os meios (Um salve para Maquiavel), sabemos que existe a máxima de economizar para empresas, onde o custo de manutenção de uma máquina é bem menor em relação a um colaborador.

A nota que fica é: Colaborem com o inevitável

Anderson Uchôa

Escrito por Anderson Uchôa

Um entusiasta da tecnologia e inovação, sempre antenado no que há de novo no mundo digital, navegante no mar desconhecido das criptomoedas. Escritor de contos nas horas vagas e amante do espaço sideral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…