in , ,

O que são os KPIs? Entenda sua importância para os investidores

Uma vez, Galileu Galilei, o pai do método científico e da ciência moderna disse “Conhecer a si próprio é o maior saber”, apesar de sua morte ter ocorrido em 1642, Galileu trouxe um enorme ensinamento para as startups do século XXI. 

Conhecer a si mesmo é um dos maiores fatores para o sucesso de uma empresa emergente, é preciso aproveitar que o autoconhecimento pode ser mensurado no mundo dos negócios, com isso é possível entender quais caminhos tomar e, principalmente, quais investimentos buscar. 

A mensuração de autoconhecimento é feita através dos KPIs (em Inglês, Key Performance Indicator, em Português, Indicador-chave de performance). Essa sigla, a qual iremos utilizar a partir de agora, forma um grupo de indicadores que ao serem analisados ajudam a empresa a adotar uma melhor estratégia de crescimento e, claro, ajuda o investidor a tomar a decisão de investir (para saber mais quais os tipos de investimentos feitos em uma startup é só clicar aqui), ou não.

Mas antes de listarmos os KPIs é preciso saber o que exatamente são esses indicadores.

O que é um KPI?

Como dito logo na introdução, KPI é a sigla para indicador-chave de performance. Sua função é medir se uma determinada ação, ou um grupo de iniciativas, atende os objetivos. 

Existem milhares de indicadores, cada detalhe dentro de uma startup pode ser mensurado, porém, é preciso identificar os principais, são eles que o farão atrair novos investidores.

(Imagem: Pexels/Lukas)

Ah! E não confunda KPI com métrica.

KPI é um indicador criado a partir das métricas, seu objetivo é explicar matematicamente a conquista de um determinado objetivo, exemplos, geração de leads, conversões diretas, etc. 

A efetividade de um KPI

A efetividade de um KPI é variável, o que você quiser mensurar você pode, até mesmo os clips de papel, utilizados para guardar documentos, mas é preciso ver se isso trará algum tipo de resultado, se não, é apenas perda de tempo.

Algumas maneiras de saber a efetividade de um KPI são:

  • Precisa ter objetividade;
  • Necessita ser mensurável. 
  • Tem que ser verificável;
  • Deve possuir um valor agregado;
  • É fundamental ter comunicação.

KPIs utilizados para analisar startups 

Podemos dividir essa lista entre primários e secundários, sendo os primários os indicadores que você como dono (a) vão querer ter esses dados em mãos. Eles são responsáveis por trazer dinheiro a startup.

KPIs Primários 

  • CAC (Custo de Aquisição por Cliente);
  • Número de leads;
  • Receita por compra;
  • Receita total;
  • Tráfego (site, social media, e-commerce, etc);
  • Taxa de conversão;
  • Churn;
  • Lifetime Value;
  • NPS.

KPIs Secundários

O grupo dos KPIs secundários tem como principal função o desenvolvimento de novas estratégias e posicionamento de mercado da empresa. Ao analisar esses dados é possível ver onde estão os acertos e erros da startup em relação à campanhas, postura adotada perante ao mercado, etc. 

KPIs secundários justificam os primários, ou seja, os dados que são coletados aqui refletem diretamente o crescimento da empresa.   

  • Blog (Assinantes, visitas, etc.)
  • Custo por lead (por estágio do funil de vendas);
  • CPV (Custo por visita)
  • Origem do tráfego do site (pago, orgânico, social media, email, pesquisas, etc).

KPIs Práticos 

Tudo dentro de uma startup deve ser explicado, pequenas atitudes estão diretamente ligadas ao resultado final de um negócio. Aqui podemos encaixar um novo ditado “Os começos justificam os meios e mostram os resultados nos fins” 

De fato não é um ditado tão bom, porém, é exatamente o que acontece no meio empresarial. Sendo assim, você deve mensurar:

  • Visualizações de vídeos ou posts;
  • Alcança de cada publicação; 
  • Páginas + acessadas;
  • Palavras-chave utilizadas pelo público para chegar até você;
  • Interações sociais;
  • Ranqueamento de página. 

Investidores buscam resultados 

Se começamos falando de conhecer a si mesmo e investidores, porque passamos a falar de KPI? 

Vamos responder com outra pergunta, se você fosse um investidor, qual projeto iria investir:

  • O que tem todos os numeros muito bem definidos permitindo que você consiga saber quais os gastos e ganhos que terá;
  • Ou um projeto sem dados, informações, números ou qualquer métrica relacionada a empresa? 

Ao responder essa questão poderá entender o porquê um investidor busca startups que, mesmo pequenas, têm seus KPI muito bem definidos. E que fique claro, o mundo não é uma certeza, claro que você poderá receber um investimento mesmo não tendo KPIs primários, secundários e práticos em mãos. 

Porém, as chances são bem menores. Por isso, comece a captar dados do seu próprio negócio, apenas conhecendo a si mesmo poderá ganhar a confiança dos outros.

Rapaduratech

Escrito por Rapaduratech