PayPal diz que brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico

 PayPal diz que brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico

(Imagem: mohamed Hassan | Pixabay )

Uma pesquisa liberada pelo PayPal nesta segunda-feira (18) indica que os brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico, também chamado de “em espécie”.

O estudo nomeado “Terceira Onda de Inovação FinTech” ouviu cerca de 4 mil pessoas nos Estados Unidos, Alemanha, Brasil e China, onde puderam conhecer mais detalhes sobre a visão das pessoas sobre os ecossistemas digitais.

Neste estudo, um dos temas abordados foi sobre as moedas digitais de bancos centrais, as CBDCs.

Vale lembrar que o PayPal é uma empresa que trabalha com o dinheiro fiduciário em formato virtual há alguns anos e recentemente entrou no mercado de criptomoedas, após liberar nos Estados Unidos e Reino Unido a negociação de Bitcoin para seus clientes.

“A pandemia acelerou a digitalização de todas as coisas, incluindo serviços financeiros. Alguns pensam que (re) agrupamento e consolidação são inevitáveis ​​na esteira da pandemia COVID-19, enquanto outros argumentam que tecnologias descentralizadas como o Bitcoin tornam a desagregação o ponto crucial da próxima geração de inovação FinTech.”

Em estudo global, PayPal não vê consenso na preferência do consumidor mundial na preferência dos meios de pagamentos

Para o PayPal, uma terceira onda de inovações deve acontecer no ambiente de fintechs, que tem como tendência o surgimento de soluções emergentes.

Comparando a realidade de quatro países de diferentes regiões, o PayPal encomendou essa pesquisa global para buscar entender o comportamento e preferência dos consumidores. Uma das realidades apontadas no estudo é que a pandemia ajudou na digitalização do dinheiro, mas a moeda em espécie ainda é uma realidade presente.

As preferências pelo dinheiro físico são por motivos de controlar melhor os gastos, sem taxas e anonimato. Para o PayPal, esses aspectos deverão moldar o interesse por novas moedas.

“Essas características do dinheiro são importantes para os usuários e devem fornecer um contexto importante ao considerar as formas futuras de moeda.”

Mas a amostra ouvida pelo estudo indicou que há um futuro promissor para o dinheiro digital, principalmente no Brasil, com as pessoas justificando esse meio de pagamento como de mais “conveniência, flexibilidade e segurança”.

Segundo a pesquisa, 79% dos brasileiros ouvidos pelo PayPal estão prontos para abrir mão do dinheiro físico, sendo o principal país neste aspecto. O país que menos quer o dinheiro em formato digital é a Alemanha.

“Setenta e nove por cento dos entrevistados no Brasil e 72% na China gostam da ideia de não ter que carregar dinheiro ou moedas, seguido por 58% nos EUA e 40% na Alemanha”.

Brasileiros são os que menos querem dinheiro em espécie no futuro /Crédito: PayPal

Brasileiros têm interesse em moeda digital do Banco Central, diz pesquisa do PayPal

Com o crescimento do assunto de Moedas Digitais de Bancos Centrais (CBDC), os participantes do estudo foram questionados se aceitarão utilizar esses sistemas. Surpreendentemente, os brasileiros estão entre os que mais confirmaram que irão utilizar essas versões de moedas, com 93% dos ouvintes provavelmente aceitarão.

Brasileiros em sua maioria irão utilizar a moeda digital de banco central
Brasileiros em sua maioria irão utilizar a moeda digital de banco central /Crédito: PayPal

Para o PayPal, como 1 a cada 5 dólares investidos em 2021 foram em fintechs, os governos devem observar este setor de perto, principalmente para formular políticas sobre uso de dados dos usuários e automações de soluções.

Fonte: Livecoins

Redação

Posts relacionados