in , ,

Por que você deveria saber o que é FPO? Conheça 6 benefícios

E ai, Rapaduras! Tudo bem? Meu primeiro artigo irá ser sobre um modelo de negócio, o qual sou fã assumido, trabalho com isso e irei explicar o porque!

Bem, de maneira muito simples, FPO é uma sigla em inglês para Financial Process Outsourcing, ou seja, traduzindo para o nosso bom e velho português: Terceirização de Processos Financeiros. Esse termo, nasceu da sigla mãe “BPO” ( Business Process Outsourcing ), que é a terceirização de processos de trabalho. Assim sendo, fazer a terceirização do financeiro é delegar todas as tarefas desta área da empresa a uma prestadora que as assumirá.

Como é sabido por todos, existe a prática comum e antiga das empresas terceirizarem a contabilidade para não arcar com os gastos de um departamento interno e ainda contar com profissionais especializados na área. Ou seja, resulta-se na contratação de um escritório de contabilidade. Mas nem sempre se faz o mesmo com as finanças, e inúmeros benefícios competitivas não são aproveitados. Descubra-os!

Foco no seu core business

Esse é o primeiro benefício lembrado quando se fala em terceirizar as tarefas porque é o mais importante, motivo pelo qual estou citando-o em primeiro lugar. Quando o responsável está, por exemplo, analisando as contas a pagar, está também deixando de fazer outra coisa. E isso poderia ser desenvolver novas estratégias de vendas, avaliar a produtividade dos funcionários ou pensar em melhorias de produto ou serviço. Ou seja, preocupar-se com a manutenção diária de tarefas financeiras, ou com o gerenciamento de um colaborador para a área, tira do empresário tempo valioso que poderia ser dedicado às atividades fim e clientes, que são a razão de existir do negócio.

 

A empresa reduz custos

Terceirizar as finanças custa menos do que contratar um funcionário ou até mais. Imagina cobrir todos os custos mensais trabalhistas e ainda as verbas rescisórias em caso de demissão desses empregados, por exemplo.

 

A qualidade das informações aumenta

Uma das funções de uma prestadora desse serviço é assessorar a gestão financeira do cliente, além da execução de tarefas operacionais (gestão de pagamentos, recebimentos, conciliação bancária, cobranças…) e da entrega de documentos. Isso significa que o negócio pode contar com a expertise financeira de gestão empregada nos relatórios e dashboards.

 

A estrutura organizacional e estratégica melhora

Um dos objetivos das empresas que terceirizam o financeiro é justamente tê-lo mais organizado. Consequentemente, isso qualifica as projeções de caixa, a avaliação das despesas e as análises para decisões de investimentos, entre outras ações analíticas.

Quanto à visão estratégica das finanças, não se limita a ver entradas e saídas e o quanto sobra. Ela é mais ampla, compreendendo lançamentos futuros, desempenho da empresa, lucratividade histórica e periódica e demais fatores. Eles precisam ser vistos de forma estratégica antes que o empresário decida, por exemplo, por fazer uma retirada, adiantar um pagamento ou investir parte de valor obtido em caixa.

 

A empresa conta com melhores ferramentas tecnológicas

Além de aplicar conhecimentos de finanças e gerenciamento, a terceirizada aplica também sua estrutura tecnológica na empresa que terceiriza suas rotinas financeiras.

Portanto, o negócio não precisa arcar com as despesas necessárias para contar com tais ferramentas, mas as tem executando suas rotinas e fornecendo informações gerenciais.

 

O negócio identifica mais facilmente oportunidades

Acima citei investimento de valores do caixa como um exemplo, o que é uma excelente oportunidade de lucrar quando o caixa frequentemente é positivo e existem lucros acumulados. Porém, para identificá-la é preciso que se veja as finanças estrategicamente e de forma ampla. Dependendo de quanto é o acúmulo pode ser melhor investir em uma aplicação para fazê-lo render ao invés de esse dinheiro ficar parado desvalorizando pela inflação ou ir direto para a conta dos sócios como retirada.

. . .

FPO é o modelo de negócio perfeito para micro, pequenas e médias empresas. Seja ela uma startup ou empresa tradicional, seja vendedora de serviço ou produto. E lógico, se terceiriza a atividade que não é a principal do negócio!

Montar um departamento financeiro é necessário investir em estrutura física, de pessoal, sistemas e muito mais. Enquanto isso, terceirizar exige apenas o investimento na contratação da expertise da prestadora para desempenhar o FPO.

E em um país como o nosso, onde temos uma taxa de mortalidade das empresas altíssima e em um curto período de tempo, uma legislação tributária e trabalhista pesada, terceirizar é uma ótima opção para conseguirmos nadar contra a maré, chamada Brasil.

Luiz Marques

Escrito por Luiz Marques

Cearense com orgulho, Economista liberal, também formado em comercio exterior, amante de tecnologia e entusiasta de criptomoedas! Ex atleta de tênis e, hoje em dia, mais assiste que joga! Viajante desse mundo e apaixonado por novas culturas. Fomentador de um mundo desafiador com muito risco e pouco ego. CEO da Lucrum 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…