Facebook anuncia salas de reunião em realidade virtual, a única evolução possível das videochamadas

 Facebook anuncia salas de reunião em realidade virtual, a única evolução possível das videochamadas

Se você está cansado de reuniões por videochamada nessa pandemia, definitivamente não está sozinho – afinal, até o Facebook está atrás de uma solução. Junto de sua divisão dedicada ao Oculus, a companhia anunciou nesta quinta-feira (19) o lançamento do Horizon Workrooms, um novo serviço de seus Oculus Quest 2 que busca utilizar a realidade virtual para a realização de reuniões virtuais.


Descrito pela Oculus como uma experiência que permite ao público “se encontrar para trabalhar numa mesma sala virtual, independente da distância física”, o projeto aproveita diversas ferramentas já disponibilizadas pela companhia para tornar a confraternização virtual o mais próximo possível da real. Além de materializar o usuário em avatares digitais, o Workrooms também possibilita integrações de vídeo, rastreio de movimentos de teclado e aproveitamento de áudio espacial para reproduzir os integrantes em sua sala e permitir que estes interajam como se estivessem reunidos fisicamente.

O serviço é ambicioso e nasce com capacidades maiores do que o esperado. Apesar de exigir a criação de conta por desktop, o Workrooms permite até 16 usuários por meio de VR, outros 34 como espectadores de videochamadas tradicionais e a possibilidade de tornar a reunião num evento virtual com audiência passiva. Segundo o The Verge, o Facebook vem usando o recurso internamente já há seis meses.

O Engadget ainda reporta que o Facebook não deve fazer quaisquer registros das conversas tocadas no serviço para fins publicitários, além de disponibilizar de antemão recursos que possibilitam a denúncia de indivíduos e grupos que estejam assediando outros ou violando diretrizes da comunidade.

O Workrooms também faz parte do projeto maior do Facebook de lançar um “metaverso” entre todos os seus produtos, o Horizon que deve aprofundar a relação com o público a partir da realidade virtual. Mas enquanto o lançamento deste serviço não acontece, ficando restrita a convites de testes de fase beta, as salas de reunião já estão disponíveis para uso em todos os territórios onde o Quest 2 é vendido e está plenamente funcional.

Fonte: B9

Redação

Posts relacionados