in , , ,

Importação de Mensagens para o Telegram: Quais São os Possíveis Impactos Práticos?

Este ano começou com muitas novidades em relação aos aplicativos de mensagens. Nesse sentido, a primeira grande notícia foi sobre as mudanças na política de compartilhamento de dados do WhatsApp. Depois, em decorrência da indicação de Elon Musk, ficou em evidência a ascensão do Signal. E, no final de janeiro, ganhou destaque uma atualização do Telegram.

A grande novidade do aplicativo russo diz respeito à possibilidade de o usuário realizar a importação do histórico de conversas de outros aplicativos, incluindo o WhatsApp.

Podem utilizar o novo recurso as pessoas que estiverem usando a versão mais recente do Telegram para aparelhos com os sistemas operacionais iOS e Android.

Confira aqui como fazer o processo de importação do histórico de conversas!

Tela da importação de mensagens no Telegram

Obviamente, essa nova funcionalidade do Telegram gerou muitas especulações e, de fato, deve ter algumas consequências. Porém, quais seriam elas? É claro que não se pode afirmar nada. No entanto, a tendência é que algumas se concretizem nos próximos meses.

Por enquanto, vale a pena analisar alguns possíveis impactos práticos da atualização!

Migração definitiva de muitos usuários para o Telegram

Desde o início de 2021, quando o WhatsApp anunciou suas novas regras de compartilhamento de dados, muitas pessoas demonstraram insatisfação por considerarem os novos termos abusivos (por não respeitarem a privacidade do usuário). Isso as fez buscar outra alternativa entre os aplicativos de mensagens.

Algumas migraram para o Signal e outras para o Telegram (a maior parte). Todavia, na maioria dos casos, essa migração não foi definitiva. Sendo que a principal razão disso é o fato de o usuário possuir conversas e arquivos importantes no histórico de mensagens do WhatsApp. E desinstalar o aplicativo levaria à perda deles.

Dessa forma, na prática, mesmo tendo passado a utilizar outro mensageiro, muita gente continuou com a conta do WhatsApp ativa.

Porém, agora, com a possibilidade de realizar a importação do histórico de mensagens (transferindo todos os arquivos e conversas) para o Telegram, os usuários podem desinstalar o “rival” e migrar definitivamente para o aplicativo russo.

Redução no número total de contas de WhatsApp ativas

Exatamente em decorrência do que foi destacado acima, a tendência é que ocorra, nos próximos meses, uma redução no número total de contas de WhatsApp ativas. Obviamente, trata-se de uma especulação que pode não se concretizar da maneira esperada.

Contudo, mesmo com o WhatsApp tendo adiado a entrada em vigor das suas novas regras, os concorrentes continuam crescendo.

E quando a possibilidade de realizar a importação do histórico de mensagens para o Telegram se tornar amplamente conhecida, é provável que isso gere um impacto considerável no comportamento dos usuários, gerando 2 “movimentos” específicos:

  1. A aceleração do crescimento do número de novos usuários do aplicativo russo; e
  2. Uma diminuição consistente e permanente da quantidade de usuários do WhatsApp.

Tendência de acirramento na disputa pela liderança entre os aplicativos de mensagens

Atualmente, a “disputa” entre os aplicativos de mensagens é amplamente dominada pelo WhatsApp. Tanto que, em dados aproximados, o segundo colocado (Telegram) tem apenas 25% do número total de usuários do concorrente.

E o Signal, que desponta como terceiro colocado, possui apenas cerca de 10% do volume de contas ativas do segundo. Veja abaixo o número aproximado de usuários de cada aplicativo:

  • WhatsApp (2 bilhões);
  • Telegram (500 milhões);
  • Signal (50 milhões).

Mesmo com a diferença sendo bastante ampla, existem 2 aspectos que, caso o cenário continue como está, podem deixar a disputa acirrada nos próximos anos:

  1. O fato de o WhatsApp ter apenas adiado (e não cancelado) as suas novas regras; e
  2. O crescimento acima da média que os concorrentes, principalmente o Telegram, têm apresentado nas últimas semanas.

É claro que, por estar associado a outras plataformas de sucesso (Instagram, Facebook e Messenger), o WhatsApp tem certa vantagem. Ou seja, pode usar o grande alcance desses aplicativos para tentar voltar a crescer e interromper a ascensão dos rivais.

No entanto, as últimas decisões das empresas pertencentes ao “império” de Mark Zuckerberg não têm sido muito felizes. Sendo que isso se refere especialmente aos aspectos relativos à privacidade.

Conclusão

Obviamente, é impossível afirmar que essas possibilidades se concretizarão. Contudo, diante de tudo o que vem ocorrendo, fica claro que, principalmente em relação às questões sobre privacidade e compartilhamento de dados, os usuários dos aplicativos de mensagens – por meio de suas exigências e escolhas – estão começando a ditar novos rumos.

E você, o que pensa sobre a nova funcionalidade do Telegram? Ela terá algum impacto na forma como você utiliza os aplicativos de mensagens?

Alex Castro Pinho

Escrito por Alex Castro Pinho

Tecnólogo em Marketing Digital, Copywriter e Punter. Entusiasta do Home Office, do trabalho freelancer e de quaisquer ferramentas e recursos tecnológicos que, por meio da inovação e da praticidade, gerem relações de valor e/ou otimizem a rotina e a produtividade de profissionais das mais variadas áreas. Apaixonado por futebol (CRVG), Marketing e música eletrônica.