in , , ,

Instituições se unem para lançar maior programa de coaceleração do Ceará

Acontece hoje (08), às 17:30, no YouTube o lançamento do PRAIA (Programa em Rede de Apoio à Incubação e Aceleração), projeto que visa amadurecer o ecossistema de empreendedorismo do Ceará, dando apoio a startups com treinamentos, tecnologia, mentorias e possibilidades de financiamento.

O programa foi criado pela ação conjunta do Instituto Atlântico, Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec), ICC Biolabs e Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece).

As inscrições para participar do programa estão sendo realizadas a partir de hoje (08) no site www.vemserpraia.com.br. Originalmente, o PRAIA estava marcado para acontecer no dia 27 de março, no Marina Park Hotel. Com o advento da Covid-19, o evento que aconteceria de forma presencial, será realizado através de live streaming. A decisão foi tomada a partir de uma enquete que ocorreu no Instagram do PRAIA.

Poderão participar Startups com produto validado, que tenham a “tecnologia” como pilar
central do negócio, com faturamento e constituídas formalmente (CNPJ) há, no mínimo, 6
(seis) meses. As áreas de interesse são agronegócio, energia, indústria 4.0, saúde e bem-estar, mercado financeiro e economia e sociedade digital (Educação, Mobilidade, Recursos Humanos, Logística, Jurídico, Gestão de Resíduos e Alimentos). Serão escolhidas 06 empresas cearenses.

A coaceleração ocorrerá entre maio e outubro deste ano, e tem por objetivo gerar
oportunidades de negócios para que as startups selecionadas multipliquem o seu progresso
e o Ceará fortaleça o seu ecossistema empreendedor.

Para Luiz Alves, Gerente de Inovação do Instituto Atlântico, o objetivo é fazer algo diferente do que o mercado já oferece. “Hoje há uma grande necessidade de criar uma ambiência para o ecossistema de empreendedorismo e de inovação. O programa é focado em
amadurecer esse campo no Ceará e, assim, reter os nossos talentos”, declara.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Startups (Abstartups) de 2019, o Ceará
já é o terceiro maior mercado regional de Startups. Para Bruna Sousa, Gerente da Agência
de Inovação do Nutec e Líder de Comunidade do PRAIA, é preciso dar condições para que
essas empresas não migrem para São Paulo e outros grandes centros. “Vamos investir nos
projetos regionais, capacitando, proporcionando tecnologia, dando acesso a uma rede de
mentores com profissionais de referência, enfim, fornecendo condições para as empresas
crescerem e apresentarem resultados consistentes”, afirma.

Entre os benefícios do programa podemos citar o investimento do Instituto Atlântico,
alocando profissionais nos times das startups para ajudar na construção dos produtos.
Outro grande diferencial é o recebimento do licenciamento de tecnologias já desenvolvidas
pelo Instituto para a Startup.

Processo de Seleção

A seleção dos escolhidos será realizada por um comitê com a participação de
“especialistas”. O processo contará com três etapas: inscrição através do site
www.vemserpraia.com.br, apresentação (Pitch) e entrevista.

Os critérios de avaliação serão: grau de inovação da solução (estratégias de diferenciação),
grau de escalabilidade, conhecimento do problema/dor e mercado, maturidade da solução,
maturidade da startup, modelo de negócio proposto, conhecimento técnico, perfil e
disponibilidade do empreendedor e alinhamento com a proposta do programa.

Serviço:

Data: 08.05
Horário: 17h30
Onde: Canal do Youtube do PRAIA