Conheça como a inteligência artificial salva animais e descubra os seus avanços

 Conheça como a inteligência artificial salva animais e descubra os seus avanços

(Imagem: Thiago Pontes/Ilustração)

Hoje a inteligência artificial salva animais com novos métodos que evitam que eles corram riscos ou com redes de proteção mais eficazes. Por isso, é bom entender como ela atua nessa área e como pode ajudar os animais a terem uma vida melhor.

A inteligência artificial salva animais da caça ilegal

Grandes marcas já investem em formas de proteger a vida selvagem em reservas, pelo mundo todo, de caçadores ilegais. Dessa forma, criam meios de monitorar e alertar guardas florestais em tempo real no caso de invasões.

A ideia é que as medidas sejam rápidas e efetivas para expulsar os intrusos antes que eles causem algum dano. Um exemplo disso, é a TrailGuard, um sistema muito avançado que a Intel inventou para esses fins.  

Para afastar a caça ilegal os novos itens identificam rostos e alertam sobre a ameaça na região. Então, as autoridades podem agir de modo eficaz e seguir, em tempo real, onde as pessoas estão na selva. Assim, a tecnologia ajuda a várias áreas como:

  • Monitorar os passos de invasores;
  • Entender quais os pontos mais frágeis para entrar em cada área;
  • Conhecer as principais rotas usadas;
  • Identificar os rostos;
  • Ter dados de qualidade em um curto espaço de tempo.

https://www.youtube.com/watch?v=L8Sw6oOeLyY 

Uma ferramenta que ajuda animais em extinção

A inteligência artificial salva animais em extinção porque é um modo mais rápido de monitorar as espécies. Portanto, dá para identificar os bichos de uma forma menos invasiva e seguir seus passos mesmo de longe.

Uma ferramenta que se destaca é a TrailGuard, criada pela Intel, para ser uma potência no ramo. Por isso, é um dos itens mais famosos no mercado hoje e que chama a atenção de grandes nações.

Como funciona a TrailGuard

É uma câmera com um processador de ponta para imagens. Dessa forma, ele tem um programa que ajuda a detectar com precisão o que passa pelas lentes. Então, dá para ver bichos e humanos – que é quando aciona um alerta eletrônico. 

O intuito do projeto é conter as mortes de animais que habitam as reservas e identificar os criminosos de modo preciso. Assim, é uma ajuda crucial na luta para preservar espécies que estão em extinção.

A máquina é capaz de enviar aos guardas florestais milhares de fotos todos os dias. Além disso, consegue identificar o que é ou não uma ameaça, o que torna o trabalho mais prático e dinâmico. Afinal as ações que se toma são mais efetivas.

Inteligência artificial salva animais em testes de medicamentos

De acordo com estudos, a inteligência artificial salva animais de análise de drogas (remédios e cosméticos). Isso porque, elas podem prever as características que novos itens terão por meio da análise dos dados que estão em mãos.

Os processos entendem os efeitos que cada substância pode ter sem precisar testar em animais. Portanto, os resultados são ainda mais precisos do que o estilo anterior, o que garante um nível maior de saúde a todos os envolvidos.

Esses dados positivos são bons para os bichos e para o setor que sempre foi criticado pelas suas práticas. Por isso, é uma tecnologia que deve crescer mais nos próximos anos e será capaz de trazer benefícios como:

  • Melhorar a qualidade dos itens;
  • Evitar que animais fiquem sujeitos a drogas;
  • Tornar a indústria mais eficaz e rápida;
  • Melhorar a imagem das empresas da área. 

O uso desse recurso na nutrição animal

Hoje em dia, a tecnologia também ajuda na parte da nutrição dos bichos. Afinal, há programas que criam boas soluções para que eles cheguem ao máximo desempenho de modo natural. Então, essa área é boa para: 

  • Selvagens; 
  • Domésticos; 
  • De consumo. 

É possível dizer que a inteligência artificial salva animais até ao criar uma dieta mais balanceada onde eles possam viver com mais saúde. Então, os sistemas  usam bases de estudos para determinar as soluções mais efetivas para cada caso.

A grande promessa é que as empresas possam criar rações e produtos focados para as necessidades de cada espécie. Por isso, elas usam a IA – inteligência artificial – para integrar e relacionar o desempenho e o bem estar da espécie.

Foto: A Inteligência artificial melhora a relação dos humanos com os animais

Uso dessa tecnologia no Brasil para salvar baleias Jubartes

No Brasil se usa a tecnologia para acompanhar as baleias Jubartes quando elas vão fazer travessias. Dessa forma, se acompanha a viagem delas e emite alertas para navios que estejam no caminho e possam machucar o animal.

O intuito é que elas possam cumprir o seu percurso de forma segura, para depois procriar e aumentar o número de sua espécie. Então, quanto mais evoluído o nível de programa para seguir essa espécie, maior a qualidade de vida que esses bichos vão conseguir atingir.

Inteligência artificial salva animais

A inteligência artificial salva animais porque por meio dos softwares os humanos conseguem aprender mais sobre eles e ajudá-los de modo mais efetivo e com menos contato.

Muitas empresas já investem no negócio para se tornar pioneiras na área e melhorar os retornos no futuro. Mas, o que importa mais é o fato de que, com processos automáticos e rápidos, todas as ações para cuidar da fauna serão mais efetivas.

Um recurso com muito a ser explorado ainda

As IAs no ramo de ajuda para cuidar da vida silvestre ainda é inicial. Mas, a área se desenvolve mais a cada dia a partir de novas ideias e tecnologias. Por isso, é um ramo que deve crescer muito nos próximos anos.

Diego Dias

Diego Dias é escritor há 22 anos e especialista em SEO há 7 anos, possui mais de 10 mil criações no mundo da redação online e é um apaixonado por produzir conteúdos que levam conhecimento ao público.

Posts relacionados

Newsletter

Rapadura Tech

Cadastre-se e receba, todas às sextas, um resumo do que foi destaque na semana sobre Tecnologia, Empreendedorismo e Negócios.